sexta-feira, 28 de outubro de 2011

Artemisia em Milão


Judite e a Sua Criada



       Artemisia Gentileschi (Roma, 1593 – Nápoles, 1652) é uma das mais importantes pintoras italianas do Barroco. Filha de um pintor (Orazio Gentilishi) Artemisia é um caso raro, mas não isolado. Outras pintoras renascentistas conhecidas foram Sofonisba Anguissola (1531-1626) e Lavínia Fontana (1552-1614). Nomes que têm permitido aos historiadores da arte defender, com maior ou menor sucesso que, afinal, as mulheres também tiveram produção artística relevante ao longo dos séculos, apesar da menorização a que estavam votadas.
Artemisia ganhou grande reputação, tendo trabalhado em Roma, Veneza, Nápoles e Inglaterra. Foi também membro da Academia de Arte e Desenho de Florença. A sua pintura dá forte relevo às mulheres, em contexto mítico e nos temas bíblicos. Disso exemplificativos são alguns dos seus mais emblemáticos quadros: Judite e a sua criada (1613-1614),  Susana e os Velhos (1610, um dos poucos a apresentar a natureza traumática do episódio) e Judite decapitando Holofornes (1612-1613).
Em Milão, até 29 de Janeiro de 2012, pode ver-se uma grande exposição com os seus trabalhos.         
          


Susana e os Velhos

Judite decapitando Holofernes



Sem comentários:

Enviar um comentário