segunda-feira, 17 de setembro de 2012

Os anos devastadores do eduquês, Guilherme Valente

Os problemas do ensino não são uma preocupação exclusiva de pais, alunos e professores. Numa sociedade civilizada a preocupação com o que se passa nas escolas deve estar presente em qualquer cidadão.
Para quem, como eu, anda há anos a ouvir referências a manuais escolares com exercícios retirados de reality-shows e outros exemplos de indigência cultural, a leitura deste livro era incontornável. Não posso dizer que o retrato aqui traçado me tenha surpreendido, até porque os textos que compõem o livro foram já publicados na Imprensa ao longo dos anos. Deixou-me, sim, ainda mais preocupada pelas gerações futuras deste país.

1 comentário:

  1. Este será um dos que farás o favor de me emprestar, um destes dias! A minha preocupação, preexistente, ganhou agora novos contornos, com a entrada do M. para o 1.º ano!

    ResponderEliminar