terça-feira, 14 de abril de 2015

A ideia de Europa, George Steiner


     Steiner é um dos maiores ensaístas contemporâneos. Os seus livros (mesmo os de divulgação) pressupõem o domínio de um conjunto de conceitos e referências bibliográficas que não tornam a sua leitura fácil, apesar de ser um exercício sempre estimulante. Este pequeno ensaio é um tesouro. Steiner explica a identidade europeia  e oferece-nos uma reflexão imprescindível nestes tempos em que já se percebeu que a economia e a tecnocracia não constroem sonhos, mas em que ainda não sabemos muito bem para onde vamos. E tem frases como esta "Fazer dinheiro e inundar as nossas vidas de bens materiais cada vez mais trivializados é uma paixão profundamente vulgar e inane. (...) Não é a censura política que mata: é o despotismo do mercado de massas e as recompensas do estrelato comercializado". 
     Para ler, pensar e ter sempre à mão. 

Sem comentários:

Enviar um comentário