segunda-feira, 18 de janeiro de 2016

O que ando a ler






         O blogue está numa espécie de hibernação por tempo indeterminado. A vida lá fora tem-me impedido de estar muito por aqui. O que pode não ser mau. De qualquer forma, deixo nota de que é este o livro que me vem acompanhando. É uma colectânea de poesia chinesa que atravessou os séculos. Poetas do outro lado do mundo que escrevem sobre temas universais. E há até um poema de homenagem a Eugénio de Andrade, mais uma prova de que a alma poética é apenas uma e nos une a todos. 


domingo, 3 de janeiro de 2016

Camelot e outros castelos




     A Reading Room publicou a lista dos oito castelo mais espectaculares da literatura (ver aqui). O das Crónicas de Narnia é o meu favorito, mas a escolha não é nada fácil.