quarta-feira, 29 de junho de 2016

Para ler ou reler




        
        Contra a barbárie resta apenas uma solução: resistir. 

1 comentário:

  1. adoro Orhan Pamuk1 já li Neve, a Maleta do meu pai e agora estou lendo O Livro Negro. Com certeza lerei esse também, rs.

    ResponderEliminar