quarta-feira, 23 de agosto de 2017

Os Cinco e O Segredo dos Templários



O Verão tem destas coisas: traz-nos recordações há muito esquecidas, também de leituras de infância. Os Templários são uma inspiração constante na literatura ocidental, quer na ficção, quer no ensaio. E também na literatura infantil, como bem demonstra este livro dos Cinco que desencantei há dias. Primeiro duvidei mesmo de o ter já lido, mas à medida que ia virando as páginas a história veio-me à memória. As personagens são de Enid Blyton, o texto de Serge Rozenzweig e o desenho de Bernard Dufosse. E, claro, o famoso tesouro dos Templários tem aqui o papel principal. 

Sem comentários:

Enviar um comentário