domingo, 19 de novembro de 2017

O meu caminho para Kathmandu, Pedro Queirós



Há livros que nos tocam por nos recordarem que o ser humano é capaz de actos de generosidade e altruísmo. Este é um deles. Pedro Queirós, o autor, estava de férias no Nepal, quando o país foi sacudido por um violento terramoto. Incapaz de permanecer indiferente ao sofrimento dos nepaleses, Pedro Queirós desenvolveu um conjunto de iniciativas para os ajudar. Entre elas, uma caminhada de 1200 km com partida da Índia e chegada ao Nepal. Este é o relato dessa caminhada. Por entre estradas esquecidas, ao encontro de alguns perigos (como matilhas de cães), com o sofrimento físico decorrente de muitas horas a caminhar. Mas também com encontros felizes, estranhos que o ajudam e a alegria de cumprir um objectivo.
Suponho que ao longo de tantos dias a caminhar, para mais sozinho, muitos pensamentos e estados de espírito assolaram Pedro Queirós. Mas não é isso que ele partilha connosco. Este livro parece ser um primeiro diário de viagem, que quase pode ser utilizado como guia para quem quiser fazer uma viagem semelhante. Tem informações práticas, pequenas histórias e é ilustrado com belíssimas fotografias das gentes e lugares que foram cruzando o olhar do viajante durante o seu périplo. lê-se rapidamente mas deixa em nós a vontade de reler e folhear uma e outra vez. 
Um relato que vale a pena conhecer e uma causa mais que merecedora de apoio. 

Sem comentários:

Enviar um comentário